Intolerância à lactose é a incapacidade de digerir a lactose, um açúcar encontrado no leite e nos produtos lácteos

Os sintomas variam de pessoa para pessoa, mas podem incluir:  gases,  diarreia, distensão abdominal, dores de barriga e náuseas

Não existe tratamento definitivo para a intolerância à lactose, mas os sintomas podem ser controlados através de mudanças na dieta e de reposição da enzima chamada Lactase

intolerancia a lactose

O que é Intolerância à Lactose?

A intolerância à lactose é uma condição comum que afeta milhões de pessoas em todo o mundo.

ELa ocorre quando o corpo não consegue digerir a lactose, um tipo de açúcar encontrado no leite e em outros produtos lácteos.

A causa principal da intolerância à lactose é a deficiência de lactase, uma enzima produzida no intestino delgado, que é responsável pela quebra da lactose em glicose e galactose, que podem ser absorvidas pela corrente sanguínea.

Intolerância à lactose não é a mesma coisa que ter alergia alimentar ao leite.

O que causa a intolerância à lactose?

Tanto crianças quanto adultos podem ter intolerância à lactose.

Algumas das principais razões para essa condição:

  • A intolerância à lactose geralmente é transmitida de forma hereditária.
  • Nesses casos, com o decorrer do tempo, o organismo de uma pessoa pode produzir menos enzima lactase. Os sintomas podem surgir durante a adolescência ou na fase adulta.
  • Em alguns casos, o intestino delgado para de produzir lactase depois de uma doença ou infecção.
  • Alguns bebês nascidos muito cedo (bebês prematuros) podem não ter a capacidade de produzir lactase suficiente. Normalmente, essa é um problema de curto prazo que desaparece ao longo do tempo.
  • Em raros casos, as pessoas nascem sem capacidade de produzir a lactase.

Quais são os sintomas da intolerância à lactose?

lactose

Os sinais de cada paciente são únicos, podem variar em cada pessoa.

Os sinais geralmente aparecem cerca de vinte minutos a 2 horas após consumir alimentos ou bebidas que contenham lactose.

Os sintomas podem variar entre:

Desconforto na barriga (abdominal)
Náusea e enjôo
Sensação de gases e inchaço
Diarreia


A intensidade dos sintomas dependerá da quantidade de lactose que você ingeriu e da quantidade de lactase que seu organismo produz.

Os sinais de intolerância à lactose podem ser similares aos de outros problemas de saúde. Portanto, consulte o gastroenterologista para ter a certeza.

Como é diagnosticada a intolerância à lactose?

Seu médico conversará com você sobre sua saúde e histórico familiar. Ele ou ela fará um exame físico.

Pode ser que você seja solicitado a não ingerir leite ou derivados por um curto período de tempo para ver se os sintomas melhoram.

Alguns testes podem ajudar seu médico a verificar a intolerância à lactose. Isso pode incluir:

  • Teste de tolerância à lactose.  Este teste verifica como o seu sistema digestivo absorve a lactose. Para o teste, você beberá um líquido que contém lactose. Algumas amostras de sangue serão coletadas durante um período de 2 horas. Estes irão verificar o seu nível de açúcar no sangue (glicose no sangue). Se os seus níveis de açúcar no sangue não aumentarem, você pode ser intolerante à lactose.
  • Teste respiratório do hidrogênio.  Você beberá um líquido contendo muita lactose. Sua respiração será verificada várias vezes. Altos níveis de hidrogênio no hálito podem significar que você é intolerante à lactose.
  • Teste Genético.  O exame genético da lactose consiste em examinar o gene MCM6, responsável pela regulação da produção da enzima lactase.

Como é tratada a intolerância à lactose?

Não existe tratamento que possa ajudá-lo a produzir mais lactase. Entretanto, é possível controlar seus sintomas modificando sua alimentação.

No passado, indivíduos intolerantes à lactose eram instruídos a não consumir laticínios. Hoje, os especialistas em saúde sugerem que você experimente diferentes tipos de laticínios e veja quais causam menos sintomas. Dessa forma, você ainda terá cálcio e outros nutrientes importantes.

Os sinais de intolerância à lactose podem ser desagradáveis, mas não serão danosos. Sendo assim, tente encontrar laticínios que não causem problemas graves.

Aqui estão algumas dicas para administrar a lactose na sua dieta:

  • Inicie lentamente. Experimente acrescentar pequenas quantidades de leite ou derivados e veja como seu organismo reage.
  • Coma leite e derivados com outros produtos. Ao ingerir leite ou derivados lácteos durante as refeições, é possível notar uma diminuição nos sintomas. Experimente misturar queijo com biscoitos ou leite e cereais.
  • Consuma laticínios com níveis naturais de lactose mais baixos. Isso significa queijos duros e iogurte.
  • Procure leite e produtos lácteos sem lactose e que não contem lactose. Eles podem ser comprados em diversas lojas de alimentos. São idênticos ao leite e aos produtos lácteos normais, mas têm a enzima lactase adicionada a eles.
  • Informe-se sobre produtos com lactase. Pergunte ao seu médico se é recomendado tomar um comprimido ou gotas de lactase ao comer ou beber produtos lácteos.

Se tiver dificuldades para encontrar laticínios que não causem sintomas, converse com o seu médico. Ele ou ela pode indicar outros alimentos para assegurar que você tenha cálcio suficiente. É possível que seja necessário tomar suplementos de cálcio.

Crianças com intolerância à lactose devem ser acompanhadas por um profissional de saúde. Crianças e jovens precisam de laticínios. Eles são uma fonte significativa de cálcio para o crescimento ósseo e outros nutrientes cruciais para a saúde e o progresso das crianças.

Vivendo com intolerância à lactose

A intolerância à lactose pode afetá-lo sempre que você faz um lanche ou refeição.

Portanto, você precisa ter cuidado com os alimentos que ingere todos os dias. No entanto, muitas pessoas podem tolerar uma certa quantidade de lactose e não precisam evitá-la completamente.

É importante ler os rótulos dos alimentos. A lactose é frequentemente adicionada a alguns alimentos embalados, enlatados, congelados e preparados, como:

  • Pão
  • Cereal
  • Carnes de almoço
  • Molhos para salada
  • Misturas para bolo e biscoitos
  • Cremes de café

Verifique os rótulos dos alimentos em busca de palavras que possam significar que um alimento contém lactose, como:

  • Manteiga
  • Queijo
  • Creme
  • Leite em pó
  • Sólidos do leite
  • Leite em pó
  • soro de leite

Dr Diego Baima é gastroenterologista e pode ajudar você. Você pode agendar sua consulta.

Fonte: https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/intolerancia-a-lactose/

ÚLTIMOS ARTIGOS

Protetor gástrico: o que você precisa saber

Protetor gástrico: o que você precisa saber

Dr Diego Baima O que são? Os protetores gástricos são medicamentos que, muitas vezes, passam despercebidos em nossas vidas. No entanto, esses...
Síndrome do Intestino Permeável: o que você precisa saber

Síndrome do Intestino Permeável: o que você precisa saber

O que é a Síndrome do Intestino Permeável? O que é? Síndrome do Intestino Permeável (ou Leaky Gut) é uma doença intestinal...
Refluxo Gastroesofágico: sintomas e tratamento

Refluxo Gastroesofágico: sintomas e tratamento

O que é? Você sente azia constante? Refluxo gastroesofágico acontece quando o conteúdo do estômago retorna para o esôfago. Na verdade, esse...
Cirrose e Hepatopatia crônica: sintomas e tratamento

Cirrose e Hepatopatia crônica: sintomas e tratamento

Hepatopatia Crônica e Cirrose: Conheça os sintomas, as causas e o tratamento Aprenda aqui. Descubra o Médico Especialista em Cirrose O que...
Colonoscopia em Fortaleza – Agende seu Exame!

Colonoscopia em Fortaleza – Agende seu Exame!

Marcar exame de Colonoscopia em Fortaleza Seja atendido com acolhimento e confiança, sem se preocupar com congestionamentos e filas Dr Diego Baima...
Colite Ulcerativa: sintomas e tratamento

Colite Ulcerativa: sintomas e tratamento

O que é? Retocolite Ulcerativa (ou Colite ulcerativa) é uma doença que causa inflamação no intestino grosso e no reto, gerando sintomas...
Cisto no fígado: sintomas e tratamento

Cisto no fígado: sintomas e tratamento

Dr Diego Baima Cisto no fígado é uma bolha cheia de líquido, geralmente arredondada, que surge dentro deste órgão. Geralmente, são encontrados,...
Hemangioma no Fígado: é grave?

Hemangioma no Fígado: é grave?

O hemangioma no fígado é um tumor benigno. Geralmente, aparece como um nódulo no exame de imagem. Saiba mais sobre os sintomas,...
Câncer de Cólon: sintomas e tratamento

Câncer de Cólon: sintomas e tratamento

Dr Diego Baima O câncer de cólon está entre os mais comuns atualmente. O cólon (como chamamos o intestino grosso) faz parte...
Doença Celíaca: sintomas, diagnóstico e tratamento

Doença Celíaca: sintomas, diagnóstico e tratamento

Dr Diego Baima Doença celíaca: o que é? A doença celíaca é conhecida como "a doença do glúten". Na doença celíaca, existe...
Pancreatite Aguda: diagnóstico e tratamento

Pancreatite Aguda: diagnóstico e tratamento

Pancreatite Aguda é uma inflamação do pâncreas que pode levar a risco de vida. Na maior parte das vezes, é leve. Mas...
Gastrite: tudo o que você precisa saber

Gastrite: tudo o que você precisa saber

Você está sofrendo com Gastrite? Aprenda agora quais as principais causas de Gastrite e como tratar. O que é? De vez em...
Hepatite B: sintomas e tratamento

Hepatite B: sintomas e tratamento

A Hepatite B tem cura? ⚠️ Sim, pode ter cura. Mas é preciso avaliar cada caso. Com certeza, você já ouviu falar...
Gordura no Fígado: como tratar?

Gordura no Fígado: como tratar?

Gordura no fígado (Esteatose Hepática) é uma das principais doenças do fígado atualmente. Afeta mulheres e homens, em todas idades. Saiba mais...
Síndrome do Intestino Irritável: causas, diagnóstico e tratamento

Síndrome do Intestino Irritável: causas, diagnóstico e tratamento

Sindrome do intestino irritável é um problema que causa dor abdominal e alteração do funcionamento intestinal. Afeta homens e mulheres, em todas...
1 2 3

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *