• As enzimas TGO e TGP são produzidas no fígado
  • TGO e TGP alterados são uma causa de preocupação para muitos pacientes, pois podem indicar doença no fígado
  • Identificar a causa é muito importante para definir o melhor tratamento
tgp e tgo alterados

TGO e TGP elevados: o que é?

Uma das situações mais comuns que encontramos nos pacientes são níveis elevados das enzimas hepáticas TGO (transaminase glutâmico-oxaloacética) e TGP (transaminase glutâmico-pirúvica).

As enzimas TGO e TGP são produzidas no fígado e ficam aumentadas quando fígado está inflamado. Ou seja, quando você encontrar essa alteração nos seus exames, você deverá suspeitar de uma inflamação no fígado.

Muitas pessoas ficam preocupadas e ansiosas sem saber exatamente o que isso significa. Você deve procurar um Médico Especialista o mais rápido possível para esclarecer seu problema.

tgo e tgp alterados

TGO e TGP: para que serve?

As enzimas TGO e TGP são produzidas no fígado e têm um papel fundamental no organismo. Além disso, essas enzimas também estão presentes em outros órgãos, como o coração, os rins e os músculos, embora em menor quantidade.

Afinal, TGO alto o que significa?

Quando há lesão ou inflamação nas células do fígado (seja devido a doenças do fígado, uso excessivo de álcool, infecções virais ou outros fatores), as células danificadas liberam essas enzimas na corrente sanguínea, levando a TGO e TGP alterados nos exames de sangue.

Causas comuns de TGO e TGP alterados

Existem várias condições que podem levar ao aumento das enzimas TGO e TGP. Algumas das causas mais comuns incluem:

  • Hepatites virais (como hepatite A, B, C, D e E).
  • Esteatose hepática (acúmulo de gordura no fígado, também conhecida como “fígado gorduroso”).
  • Consumo excessivo de álcool, que pode levar à hepatite alcoólica.
  • Medicamentos e drogas que podem ser tóxicos para o fígado.
  • Doenças autoimunes, como a hepatite autoimune.
  • Doenças metabólicas hereditárias.
tgo e tgp alterados

Importância do diagnóstico precoce

Quando os níveis de TGO e TGP estão elevados, é essencial identificar a causa.

O diagnóstico precoce e preciso pode ser crucial para evitar complicações mais graves e para garantir o tratamento adequado.

Um histórico médico detalhado, exames físicos e, muitas vezes, exames adicionais, como ultrassonografia, ressonância magnética ou biópsia hepática, podem ser necessários para identificar a origem do problema.

Saiba mais sobre Hepatites e Inflamação no Fìgado

Quais são os sintomas do TGO e TGP alterados?

Boa parte das vezes, é assintomático. Ou seja, a pessoa não sente nada. A alteração só é vista durante exames de sangue de rotina.

Se houver sintomas relacionados à elevação das enzimas, estes podem incluir:

  1. Fadiga: Sentir-se cansado e sem energia, mesmo após um descanso adequado.
  2. Desconforto Abdominal: Sensação de plenitude, desconforto ou dor na região abdominal, que pode variar em intensidade.
  3. Náusea e Vômito: Sentir-se enjoado ou ter episódios de vômito frequentes.
  4. Perda de Apetite: Diminuição do desejo de comer.

Medicamentos que alteram TGO e TGP

  1. Paracetamol (acetaminofeno): É um analgésico e antipirético amplamente utilizado. Em doses excessivas ou prolongadas, pode causar danos ao fígado, levando ao aumento das enzimas hepáticas.
  2. Anti-inflamatórios não esteroides (AINEs): Medicamentos como ibuprofeno, naproxeno e diclofenaco podem, em alguns casos, causar elevação das enzimas hepáticas.
  3. Estatinas: São medicamentos usados para reduzir os níveis de colesterol no sangue. Embora sejam geralmente bem toleradas, algumas pessoas podem apresentar elevação temporária das enzimas hepáticas como efeito colateral.
  4. Antibióticos: Alguns antibióticos, como a amoxicilina-clavulanato e a azitromicina
  5. Anticonvulsivantes: alguns medicamentos usados para tratar convulsões e distúrbios neurológicos, como a carbamazepina e a fenitoína
  6. Anti-hipertensivos: Alguns medicamentos para controle da pressão arterial, como a hidralazina e a metildopa
  7. Antidepressivos: Alguns antidepressivos, como a amitriptilina e a duloxetina
  8. Antifúngicos: Alguns medicamentos antifúngicos, como o fluconazol, podem causar alterações nas enzimas hepáticas.

É importante enfatizar que nem todas as pessoas que usam esses medicamentos terão alterações nos níveis de TGO e TGP. Cada pessoa reage de forma diferente aos medicamentos.

Tratamento e cuidados

O tratamento de TGO e TGP alterados depende da causa.

Em alguns casos, mudanças no estilo de vida, como a adoção de uma dieta saudável, perda de peso e a suspensão do consumo de álcool, podem ser suficientes para normalizar os níveis das enzimas.

Em outros casos, é necessário um tratamento mais específico, como o uso de medicamentos antivirais para hepatites virais ou medicamentos imunossupressores para doenças autoimunes.

Advertências

Níveis elevados de TGO e TGP podem ser um sinal de alerta para problemas no fígado, mas não necessariamente indicam uma doença grave.

A avaliação médica adequada é fundamental para identificar a causa e adotar o tratamento correto.

Se você recebeu resultados de exames com essas alterações, procure um Hepatologista para uma avaliação completa e um plano de cuidados personalizado. Cuide do seu fígado, e ele cuidará de você!

ÚLTIMOS POSTS

Úlcera Gástrica (estômago): sintomas e tratamento

Úlcera Gástrica (estômago): sintomas e tratamento

Você está sofrendo com Úlcera gástrica? Este artigo abrangente oferece conselhos especializados sobre as causas e tratamento da úlcera no estômago. Irá...
9 alimentos bons para o fígado saudável

9 alimentos bons para o fígado saudável

O fígado faz parte do sistema de desintoxicação natural do corpo, que ajuda a filtrar as toxinas.  Os alimentos que auxiliam na...
7 fatos sobre a Síndrome de Gilbert

7 fatos sobre a Síndrome de Gilbert

Síndrome de Gilbert é uma alteração genética do fígado em que o corpo não consegue processar adequadamente a bilirrubina. O acúmulo de...
Endoscopia em Fortaleza – Agende seu Exame!

Endoscopia em Fortaleza – Agende seu Exame!

Marcar exame de Endoscopia em Fortaleza Seja atendido com carinho e confiança e sem se preocupar com congestionamentos e filas Dr Diego...
Adenoma Hepático: diagnóstico e tratamento

Adenoma Hepático: diagnóstico e tratamento

O Adenoma Hepático é um tipo de tumor benigno que aparece no fígado. Mesmo sendo benigno, esse ele levar a complicações ao paciente. Existe o...
Paniculite Mesentérica: sintomas e tratamento

Paniculite Mesentérica: sintomas e tratamento

Dr Diego Baima Mesentério O que é? Paniculite Mesentérica é uma inflamação do tecido gorduroso do mesentério. Parece complicado, não é? Mas...
Protetor gástrico: o que você precisa saber

Protetor gástrico: o que você precisa saber

Dr Diego Baima O que são? Os protetores gástricos são medicamentos que, muitas vezes, passam despercebidos em nossas vidas. No entanto, esses...
Síndrome do Intestino Permeável: o que você precisa saber

Síndrome do Intestino Permeável: o que você precisa saber

O que é a Síndrome do Intestino Permeável? O que é? Síndrome do Intestino Permeável (ou Leaky Gut) é uma doença intestinal...
Refluxo Gastroesofágico: sintomas e tratamento

Refluxo Gastroesofágico: sintomas e tratamento

O que é? Você sente azia constante? Refluxo gastroesofágico acontece quando o conteúdo do estômago retorna para o esôfago. Na verdade, esse...
Cirrose e Hepatopatia crônica: sintomas e tratamento

Cirrose e Hepatopatia crônica: sintomas e tratamento

Hepatopatia Crônica e Cirrose: Conheça os sintomas, as causas e o tratamento Aprenda aqui. Descubra o Médico Especialista em Cirrose O que...
Colonoscopia em Fortaleza – Agende seu Exame!

Colonoscopia em Fortaleza – Agende seu Exame!

Marcar exame de Colonoscopia em Fortaleza Seja atendido com acolhimento e confiança, sem se preocupar com congestionamentos e filas Dr Diego Baima...
Colite Ulcerativa: sintomas e tratamento

Colite Ulcerativa: sintomas e tratamento

O que é? Retocolite Ulcerativa (ou Colite ulcerativa) é uma doença que causa inflamação no intestino grosso e no reto, gerando sintomas...
Cisto no fígado: sintomas e tratamento

Cisto no fígado: sintomas e tratamento

Dr Diego Baima Cisto no fígado é uma bolha cheia de líquido, geralmente arredondada, que surge dentro deste órgão. Geralmente, são encontrados,...
Hemangioma no Fígado: é grave?

Hemangioma no Fígado: é grave?

O hemangioma no fígado é um tumor benigno. Geralmente, aparece como um nódulo no exame de imagem. Saiba mais sobre os sintomas,...
Câncer de Cólon: sintomas e tratamento

Câncer de Cólon: sintomas e tratamento

Dr Diego Baima O câncer de cólon está entre os mais comuns atualmente. O cólon (como chamamos o intestino grosso) faz parte...
Doença Celíaca: sintomas, diagnóstico e tratamento

Doença Celíaca: sintomas, diagnóstico e tratamento

Dr Diego Baima Doença celíaca: o que é? A doença celíaca é conhecida como "a doença do glúten". Na doença celíaca, existe...
Pancreatite Aguda: diagnóstico e tratamento

Pancreatite Aguda: diagnóstico e tratamento

Pancreatite Aguda é uma inflamação do pâncreas que pode levar a risco de vida. Na maior parte das vezes, é leve. Mas...
Gastrite: tudo o que você precisa saber

Gastrite: tudo o que você precisa saber

Você está sofrendo com Gastrite? Aprenda agora quais as principais causas de Gastrite e como tratar. O que é? De vez em...
Hepatite B: sintomas e tratamento

Hepatite B: sintomas e tratamento

A Hepatite B tem cura? ⚠️ Sim, pode ter cura. Mas é preciso avaliar cada caso. Com certeza, você já ouviu falar...
Gordura no Fígado: como tratar?

Gordura no Fígado: como tratar?

Gordura no fígado (Esteatose Hepática) é uma das principais doenças do fígado atualmente. Afeta mulheres e homens, em todas idades. Saiba mais...
1 2 3

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *