O nódulo no fígado é uma lesão que pode se formar nesse órgão. Na maioria das vezes, é uma lesão benigna, sem riscos de evoluir para tumor maligno.

Porém, pode precisar de tratamento de acordo com o tipo e das características dessa lesão.

nodulo no figado

O que é o nodulo no figado?

Um nódulo no fígado é um crescimento anormal de células no tecido hepático.

Esses nódulos podem ser benignos ou malignos e podem ser encontrados em pessoas de todas as idades.

Quais os tipos de nodulo no figado?

Aqui estão alguns dos tipos histopatológicos mais comuns de nódulos no fígado:

1. Adenoma hepático

O adenoma hepático é um tumor benigno que se desenvolve nas células do fígado que produzem bile. É mais comum em mulheres que usam anticoncepcionais orais.

2. Hemangioma hepático

O hemangioma hepático é um tumor benigno composto por vasos sanguíneos anormais. Geralmente é assintomático e não requer tratamento.

3. Hiperplasia Nodular Focal

é um tipo de nódulo hepático benigno que geralmente não causa sintomas. É composta por células hepáticas normais que se multiplicam excessivamente

4. Cisto Hepático

O cisto hepático é uma bolsa cheia de líquido que se forma no fígado. É um tipo de nódulo hepático benigno que geralmente não causa sintomas. No entanto, em alguns casos, os cistos hepáticos podem crescer e pressionar os tecidos circundantes, causando dor abdominal, inchaço ou desconforto.

5. Metástases hepáticas

As metástases hepáticas são tumores que se espalham para o fígado a partir de outros órgãos, como o pulmão, o cólon ou a mama.

6. Carcinoma hepatocelular

É um tipo de câncer que se origina nos hepatócitos, as células que compõem a maior parte do tecido hepático. É o tipo mais comum de câncer primário do fígado.

Médico Especialista que trata Nodulo no figado

Dr Diego Baima – Hepato

O Hepatologista é o médico especialista em tratar os nodulos do fígado.

Dr Diego Baima é hepatologista, considerado um dos melhores especialistas em nodulos hepáticos.

Tem mais de 17 anos de experiência na área. Ele já ajudou mais de 19.000 pacientes.

O Dr Diego é o Médico muito bem avaliado com o Doctoralia. Ele possui mais de 210 avaliações 5 estrelas.

Diagnóstico

Uma vez detectadas as lesões hepáticas, o radiologista deve identificar o tipo de lesão e o tipo (benigno ou maligno).

Isso é muito importante porque o tratamento correto e a abordagem de gerenciamento variam muito, dependendo do tipo de lesão hepática.

No entanto, a lesão hepático pode ser difícil de se analisar. Muitas pessoas se perguntam se nodulos no figado pode ser cancer.

As lesões hepáticas malignas compartilham semelhanças com as lesões hepáticas benignas. Algumas lesões benignas podem ser apenas acompanhadas com exames de rotina, Outras requerem cirurgia e certos tipos de lesões benignas podem a evoluir para câncer, como por exemplo o Adenoma. 

> Descubra aqui quando você precisa fazer uma biópsia do nódulo no fígado

Como o nódulo é visto nos exames de imagem?

1. Nódulo hiperecogênico no fígado

Este tipo apresenta um aumento na reflexão do som, gerando uma imagem mais clara e brilhante do que o tecido hepático normal.

2. Nódulo hipoecogênico no fígado

Apresenta uma diminuição na reflexão do som, gerando uma imagem mais escura do que o tecido hepático normal. Também conhecido como nodulo hipoecoico.

Já o nódulo hipodenso no fígado é aquele que apresenta uma densidade menor do que o tecido hepático normal.

3. Nódulo hipervascular

É uma lesão que apresenta um aumento no suprimento sanguíneo em relação ao tecido hepático normal. Pode ser indicativo de diversas condições, como hemangiomas, adenomas, hiperplasia nodular focal e carcinoma hepatocelular.

Nódulo no fígado de 2cm é grande?

Nódulos a partir de 2cm começam a ser considerados de tamanho médio. Ou seja, já não são considerados pequenos. Se você tiver um nódulo no fígado de 2cm ou mais, procure um especialista o mais breve possível.

Sintomas de nodulo no figado

Os nódulos hepáticos são frequentemente assintomáticos, ou seja, não causam sintomas.

São descobertos acidentalmente durante um exame físico de rotina.

No entanto, em alguns casos, as pessoas podem apresentar sintomas como dor abdominal e desconforto, especialmente quando o nódulo cresce e pressiona o tecido ao redor. 

Além disso, os pacientes com nódulos hepáticos também podem apresentar icterícia, que é a coloração amarelada da pele e dos olhos devido ao acúmulo de bilirrubina no organismo.

Outros sintomas podem incluir:

  • perda de apetite
  • perda de peso
  • fadiga.

Vale ressaltar que os sintomas de nódulos hepáticos podem ser semelhantes aos sintomas de outras doenças hepáticas, por isso é importante realizar exames médicos regulares e buscar atendimento médico se houver preocupações ou sintomas incomuns.

Tratamento

O tratamento de nódulos hepáticos depende do tipo, tamanho e localização do nódulo, bem como do estado geral de saúde do paciente.

Em muitos casos, os nódulos hepáticos benignos não requerem tratamento, mas podem ser monitorados regularmente por meio de exames médicos de rotina.

Em casos de nódulos hepáticos cancerosos ou grandes o suficiente para causar sintomas, o tratamento pode ser necessário.

As opções de tratamento podem incluir:

  • cirurgia
  • radioterapia
  • quimioterapia
  • uma combinação dessas terapias, dependendo das necessidades individuais de cada paciente.

Além disso, novos tratamentos, como a terapia alvo e a imunoterapia, também podem ser utilizados para tratar nódulos hepáticos cancerosos, proporcionando melhores resultados para os pacientes.

Nodulo no figado pode desaparecer?

Sim, em alguns casos, é possível que um nódulo no fígado desapareça.

Isso pode ocorrer quando o nódulo é causado por uma condição que pode ser tratada ou controlada, como um abscesso hepático ou uma infecção viral.

Além disso, algumas lesões hepáticas, como hemangiomas e cistos simples, podem regredir espontaneamente sem necessidade de tratamento.

No entanto, é importante que qualquer nódulo hepático seja acompanhado por um médico especialista para determinar a causa e monitorar o seu desenvolvimento.

Resumo dos Tipos de Nodulos hepaticos

Tipo HistológicoDescrição
Carcinoma hepatocelularTumor maligno mais comum no fígado, geralmente associado à cirrose
Adenoma hepáticoTumor hepático benigno, raro e geralmente relacionado ao uso de contraceptivos orais
Hemangioma hepáticoTumor hepático benigno formado por vasos sanguíneos anormais
ColangiocarcinomaTumor maligno que se origina nos dutos biliares no interior ou ao redor do fígado
Hiperplasia Nodular FocalCrescimento anormal e benigno de células do fígado, geralmente assintomático
Cisto hepáticoBolsa cheia de líquido dentro do fígado, geralmente assintomático
Tipos de Nódulos

É um tipo de caroço no figado?

Popularmente, algumas pessoas chamam o nódulo hepático de “caroço no fígado”. É uma forma coloquial de se referir a estes tipos de lesão.

Como prevenir?

A prevenção de nódulos hepáticos envolve manter um estilo de vida saudável, como evitar o consumo excessivo de álcool, manter uma dieta saudável e equilibrada, e praticar atividades físicas regularmente.

O consumo excessivo de álcool é um fator de risco conhecido para o desenvolvimento de nódulos hepáticos, bem como outras doenças hepáticas, e deve ser evitado ou limitado.

Além disso, manter uma dieta saudável, rica em frutas, legumes, grãos integrais e baixa em gorduras saturadas e açúcares adicionados, pode ajudar a prevenir o desenvolvimento de nódulos hepáticos e outras doenças.

Realizar exames de saúde regulares também é importante para detectar qualquer problema de saúde precocemente e receber tratamento adequado.

Pessoas com maior risco de desenvolver nódulos hepáticos, como aquelas com hepatite B ou C, histórico familiar de doença hepática, obesidade ou diabetes, devem realizar exames de rotina com mais frequência. Converse com seu médico.

A prevenção de nódulos hepáticos é fundamental para manter a saúde hepática e geral, e pode ajudar a prevenir o desenvolvimento de doenças hepáticas mais graves no futuro.

ÚLTIMOS ARTIGOS

Como Encontrar o Melhor Médico do Intestino

Como Encontrar o Melhor Médico do Intestino

Marque Sua Consulta com o Médico de Intestino A gastroenterologia é uma área médica que se concentra na saúde do sistema digestivo,...
Médico do Intestino: quando procurar?

Médico do Intestino: quando procurar?

Marque Sua Consulta com o Médico de Intestino Quando você deve procurar um médico para intestino? Melhor Médico para Intestino? Dr Diego...

Hepatologista Online – Agendar Consulta Agora | Excelência a seu Alcance

Marque Sua Consulta com o Hepatologista Online Você pode agendar uma consulta online com Hepatologista de qualquer lugar que você estiver. Hepatologista...

Gastroenterologista Online – Agende Sua Consulta | Excelência a seu Alcance

Marque Sua Consulta com o Gastroenterologista Telemedicina Agora você pode marcar uma consulta online com gastroenterologista de onde você estiver. Melhor Gastroenterologista...
Abscesso no Fígado: é grave?

Abscesso no Fígado: é grave?

abscesso no figado
TGO e TGP alterados: o que significa?

TGO e TGP alterados: o que significa?

TGO e TGP alterados
Metaplasia Intestinal: é grave?

Metaplasia Intestinal: é grave?

O que é? A metaplasia intestinal acontece quando as células do revestimento do trato digestivo se transformam em células intestinais. Isso pode...
Alimentos Ricos em Fibras para o Intestino

Alimentos Ricos em Fibras para o Intestino

Alimentos Ricos em Fibras para o Intestino
Eliminar gordura no fígado rápido: como fazer?

Eliminar gordura no fígado rápido: como fazer?

Você pode Eliminar gordura no fígado rápido reduzindo a ingestão de certos alimentos, por exemplo aqueles que contêm gordura saturada e trans. ...
Pangastrite enantematosa leve: como tratar?

Pangastrite enantematosa leve: como tratar?

Pangastrite enantematosa leve é uma inflamação do revestimento do estômago que afeta a mucosa gástrica. Gostaria de compartilhar algumas informações importantes sobre...
Esofagite Erosiva: 5 coisas que você precisa saber

Esofagite Erosiva: 5 coisas que você precisa saber

Esofagite Erosiva é uma inflamação, irritação ou inchaço do revestimento do esôfago, que é o tubo que vai da garganta até ao...
Fezes ressecadas: 5 segredos para melhorar

Fezes ressecadas: 5 segredos para melhorar

O que é? Muitas pessoas podem sentir-se desconfortáveis em falar sobre o assunto, mas como gastroenterologista, é importante abordar o tema das...
Nódulo no fígado: precisa fazer biópsia?

Nódulo no fígado: precisa fazer biópsia?

Nódulo no fígado surge quando se forma uma pequena bola cheia de líquido, ou até material sólido. É uma lesão no fígado que deve ser...
Nodulo no figado: pode ser perigoso?

Nodulo no figado: pode ser perigoso?

O nódulo no fígado é uma lesão que pode se formar nesse órgão. Na maioria das vezes, é uma lesão benigna, sem...
Como acabar com a diarreia: 6 dicas caseiras

Como acabar com a diarreia: 6 dicas caseiras

Você deve estar se perguntando como acabar com a diarreia rápido. Para interromper a diarreia rapidamente, é importante aumentar a ingestão de...
Hepatite crônica: 5 coisas que você precisa saber

Hepatite crônica: 5 coisas que você precisa saber

Hepatite Crônica é grave? Esta é uma doença que pode causar um choque emocional para muitas pessoas. Ela é uma inflamação persistente...
9 remédios caseiros para aliviar os gases e barriga inchada

9 remédios caseiros para aliviar os gases e barriga inchada

Remédios caseiros para aliviar os gases incluem tomar probióticos, fazer exercícios e usar óleo de hortelã-pimenta. O gás acontece quando os alimentos...
Gases Embaixo da Costela Esquerda

Gases Embaixo da Costela Esquerda

Você já acordou no meio da noite com uma dor tão forte na região da barriga, do lado esquerdo, que te fez...
Hepatite Autoimune: sintomas e tratamentos

Hepatite Autoimune: sintomas e tratamentos

A hepatite autoimune é uma doença progressiva que afeta o fígado, causando inflamação e danos que podem ser tornar irreparáveis. É uma...
Pólipos no intestino: a importância do diagnóstico precoce

Pólipos no intestino: a importância do diagnóstico precoce

Os pólipos no intestino são crescimentos anormais que se desenvolvem na mucosa do intestino. São semelhantes a "verrugas". Embora a maioria dos...
1 2 3

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *